Anfitriões (2020) (2 telas de 70x 130 cm cada)

(2 telas 70 x 130 cada)

A expressividade colorida ilumina as duas obras acopladas com animais camuflados que se complementam numa elevação intuitiva e numa dimensão flutuante. Nas duas telas, se fortifica o elo da interação entre os animais em si e entre os admiradores intensificando de que não existe acasos na lei dos encontros.

Nas obras, o “convidar” é a ação universal em comum. Uma vez a obra é a anfitriã e o espectador o convidado, outra vez a obra é o convidado e o espectador é o anfitrião. Independentemente de ser anfitrião ou convidado, somos o coração do ambiente e nos aconchegamos nos ombros dos sentimentos afetivos.

Numa das telas os contornos brancos são predominantes, enquanto na outra estes são os pretos.

A obra mais clara é leve e aberta a ser decifrada. Os bichos estão em movimento como que em céu aberto. O diurno reforça o aparecer. Os animais aceitam o convite do admirador para sair da tela e entrar nele, criando uma junção de saída-entrada. Aqui você é o anfitrião e a tela o convidado.

A obra mais escura é profunda e intrigante a ser analisada. Os bichos estão pausados como que dentro de uma caverna. O noturno domina o esconder. Os animais enviam um convite para o admirador entrar dentro da tela, criando uma junção de entrada-saída. Aqui a tela é anfitriã e você é o convidado.

Permita-se criar uma conexão com essa matriz sagrada do meio ambiente. Reconheça o próprio rosto dentro dos outros rostos. Sinta a sua afinidade com as energias guiadoras e protetoras, conheça a força delas em circunstâncias diferentes, e lembre-se das suas origens e do que você é feito. Alcance sua autenticidade.

Em ambas as obras destaca-se um rosto energético em pranto para nos lembrar da força da compaixão.

Nós somos todo o universo, a natureza está dentro da gente. Somos a soma de todos os poderes celestiais além do tempo. Somos herdeiros e podemos ser vistos em todos os mundos. Cuidando de você, você estará cuidando do outro, e cuidando do outro, você estará cuidando de você. Somos todos a continuação uns dos outros, unidos e separados. Somos um só e fazemos parte do plano divino. Antes de sermos corpos já éramos almas.