“Naufragiu” (Naufrágio)

Papel A3 (2021)

Crayon gel e stylo noir

“Naufrágio”, obra de Diane Dumas (@dianedumas11) realizada com técnica mista (crayon gel, crayon colorés e stylo noir) sobre papel A3, pode, em um primeiro momento, remeter, pelo título, a uma embarcação envolta pelas ondas do mar e prestes a adernar e afundar. No entanto, a sua interpretação se torna mais densa se pensarmos que a dinâmica circular apresentada no espaço pictórico conduz ao mergulho interior que fazemos a todo instante e do qual nos levantamos cotidianamente. Trata-se de um processo marcado justamente pelo movimento de caminhar para alto ou para baixo, não com os pés, mas com a mente, ao longo de nossa trajetória existencial, em busca de equilíbrio.

Oscar D’Ambrosio

projeto: @arteemtempodecoronavirus

Olhudos

“SS Super Special + WW Wonder World”

Ano de produção: 2018

Técnica: acrílico

Dimensão: conjunto de 2 telas, 40 x 130 x 4 cm cada

OLHUDOS de Diane Dumas (@dianedumas11)
Conjunto de 2 telas , 40 x 130 x 4 cm ou 130 x 40 x 4 cm cada (vertical ou horizontal), Acrílica 3D

O fato de a obra poder ser observada na horizontal ou na vertical, como é característico do trabalho da artista, aponta para algumas conotações do seu trabalho. Uma delas reside na pergunta sobre quem são, de fato, os “olhudos”. Tanto podem ser as figuras que estão na tela como nós que dialogamos com eles. Existe uma perspectiva lúdica de nos lançarmos sobre as imagens propostas, mas há também uma outra, existencial, a questionar o nosso papel perante as obras de arte, pois existem demandas externas e internas na direção de que possamos participar cada vez mais como integrantes do processo e não apenas como meros espectadores. Além de intérpretes, é factível ser cocriador no sentido de lançar olhares renovados. Portanto, ser “olhudo” dentro ou fora da tela é cada vez mais necessário.

Oscar D’Ambrosio