É igual mas é diferente, é diferente mas é igual: Vespas

Conjunto 2 telas: 10'000 Reais Dimensão: 80 x 120 x 4 cm cada

Ano de produção: 2018

Técnica: acrílico

Dimensão: 80 x 120 x 4 cm cada, conjunto de 2 telas

É igual, mas é diferente; é diferente, mas é igual: Vespas, de Diane Dumas (@dianedumas11)

Pintado com tinta acrílica, este conjunto de duas telas (80 x 120 x 4 cm) apresenta uma composição visual harmônica em que o ponto de partida está nos dois significados de uma mesma palavra: “vespa”. Tanto ela se refere ao inseto quando ao veículo de transporte. Ambas se movimentam, porém, seus ambientes estão trocados nas telas. A representação do ser vivo surge com um labirinto ao fundo, como se estivesse desafiado a percorrer estradas, enquanto a máquina tem como companhia a tradicional colmeia hexagonal do inseto social, na qual agita as asas. As duas vespas alimentam, respectivamente, nosso imaginário: podem ser vistas pelo fascínio da vida em comunidade dos pequenos animais ou pela capacidade do veículo percorrer ruas urbanas; ou, respectivamente, pela força da picada do ferrão ou pelos acidentes que podem causar ferindo, no trânsito, motorista, garupa ou pedestres. Tudo é ambíguo – e disso a arte se alimenta continuamente.

Oscar D’Ambrosio